Campinas

(19) 3281-0922

(19) 99600-8565

São José dos Campos

(12) 3903-9400

(12) 98110-0665

Sorocaba

(15) 3218-2614

(15) 3218-2614

Taubaté

(12) 3682-1717

(12) 3682-1717

Vale do Paraíba
(12) 98110-0665

Região Campinas / Sorocaba
(19) 99600-8565

Três Lagoas - MS
(67) 99878-9400

Içamento de stoplogs em barragem com guindaste rodoviário ATF 220

Na semana passada fizemos um post da nossa série #conheçanossosguindastes e falamos sobre os guindastes rodoviários. E na mesma semana começamos o trabalho em uma represa utilizando justamente um guindaste rodoviário tipo AT, o ATF 220. Vamos aproveitar o post informativo que fizemos sobre os guindastes rodoviários e agora falaremos mais sobre essa operação realizada pela Cunzolo.

Tudo começou com a necessidade de manutenção de peças chamadas de stoplogs que são elementos de controle de engenharia hidráulica usados ​​em comportas para ajustar o nível de água ou a descarga em um rio , canal ou reservatório. Os stoplogs têm dimensões variadas de acordo com a profundidade e pressão a que são submetidos, diretamente relacionados à posição em que estão instalados na barragem.

Nossa equipe foi contratada para fazer o içamento dos stoplogs e sua respectiva carga em carretas para o transporte até o centro de manutenção, onde serão recuperadas para, então, serem descarregadas e reposicionadas na barragem.

O cenário da operação se dá em uma ponte que fica exatamente em cima da barragem, dividindo a represa do rio. A ponte é usada para tráfego normal de carros e para que sejam feitos os içamentos foi necessário fazer a interdição das vias, especialmente devido ao posicionamento do guindaste rodoviário ATF 220.

A altura do ponto onde o guindaste está posicionado até onde os stoplogs estão instalados, gira em torno de 50 metros e o guindaste ATF 220 está posicionado a 1 metro do muro da ponte.

Os stoplogs têm dimensões de 4,60 metros de altura por 9,30 metros de comprimento e largura varia a partir de 1,60 metros , diminuindo em função de sua posição na barragem. O peso médio de cada peça é de 30 toneladas.

O guindaste ATF 220 iça e carrega na carreta um stoplog por vez, sendo 28 peças no total. Depois de realizadas as manutenções dos stoplogs a Cunzolo fará o descarregamento e novamente fará o içamento de volta aos pontos originais.

O guindaste ATF 220 foi o equipamento escolhido pela necessidade de liberar o tráfego da pista, de forma a não interditá-la permanentemente. A rodovia somente pode ser interditada por períodos de até 6 horas. Essa é uma das vantagens dos guindastes rodoviários: a flexibilidade de deslocamento para os locais de trabalho, além do içamento de cargas em alturas razoáveis, como no caso dessa operação.

O trabalho está sendo realizado com o apoio técnico de operadores experientes da Cunzolo, especialistas na operação de guindastes de grande porte, como o ATF 220.

O Sr. José Soares é um operador de guindaste com 37 anos de experiência e está conosco há 24 anos. Segundo suas próprias palavras Gosto muito do que eu faço. Ele é pai de 4 filhos e nenhum deles seguiu sua profissão, pois não queriam ficar tão distantes de casa. Considerando os anos de trabalho e uma média de operações por mês, o Sr. José Soares realizou algo em torno de 3.960 operações. Imaginem quanto tempo o Sr. José Soares esteve envolvido em operações em diversas cidades do Brasil, contribuindo para o desenvolvimento de empresas, cidades e pessoas! Parabéns pelo excelente trabalho Sr. José Soares! Toda a equipe Cunzolo agradece!

Com toda essa experiência e equipamentos especializados estamos preparados para atendê-los em operações como essas e muitas outras necessidades.

Acesse nosso site e siga-nos nas redes sociais para conhecer todas as possibilidades de soluções para os assuntos de movimentação de cargas e trabalho em altura.

Abraços da equipe Cunzolo!

Entre em contato conosco